Letícia, 16. Preciso admitir, sou anti-social. Muito irônica, um pouco grossa e de vez em quando meiga. Gosto do meu lado apaixonada, mas quase nunca aparece. E meu lado safada chega a me assustar, mas quem não tem? Protetora e ciumenta ao extremo. Tenho um gênio difícil e um temperamento forte. Às vezes barraqueira, outras vezes calma até demais. Dura como pedra e frágil como vidro. Um poço de orgulho. E mais conhecida como a rainha dos dramas. É, essa sou eu. E sabe de uma coisa? Ainda tem gente que gosta. Since: 03.11.11

outros blogs

(via moan-s)

1 day ago | 174,844 notes (originally from discolor3d)




Selena Gomez visits Nepal as a UNICEF Ambassador

Selena Gomez visits Nepal as a UNICEF Ambassador

1 day ago | 2,096 notes (originally from fuckyeahselenita)




"At first when you witness children living in extreme poverty you wonder how it is possible that they can be deprived of their basic human needs and rights. Then you talk to these children and you see hope, promise, and a bright future." Selena Gomez visits Nepal

"At first when you witness children living in extreme poverty you wonder how it is possible that they can be deprived of their basic human needs and rights. Then you talk to these children and you see hope, promise, and a bright future." Selena Gomez visits Nepal

1 day ago | 1,235 notes (originally from fuckyeahselenita)




Selena Gomez visits Nepal as a UNICEF Ambassador

1 day ago | 2,090 notes (originally from fuckyeahselenita)




Selena Gomez leaving Nine Zero One salon in West Hollywood on June 11, 2014

Selena Gomez leaving Nine Zero One salon in West Hollywood on June 11, 2014

1 day ago | 2,133 notes (originally from fuckyeahselenita)



"Eu quase consegui abraçar alguém semana passada. Por um milésimo de segundo eu fechei os olhos e senti meu peito esvaziado de você. Foi realmente quase. Acho que estou andando pra frente. Ontem ri tanto no jantar, tanto que quase fui feliz de novo. Ouvi uma história muito engraçada sobre uma diretora de criação maluca que fez os funcionários irem trabalhar de pijama. Mas aí lembrei, no meio da minha gargalhada, como eu queria contar essa história para você. E fiquei triste de novo. Hoje uma pessoa disse que está apaixonada por mim. Quem diria? Alguém gosta de mim. E o mais louco de tudo nem é isso. O mais louco de tudo é que eu também acho que gosto dele. Quase consigo me animar com essa história, mas me animar ou gostar de alguém me lembra você. E fico triste novamente. Eu achei que quando passasse o tempo, eu achei que quando eu finalmente te visse tão livre, tão forte e tão indiferente, eu achei que quando eu sentisse o fim, eu achei que passaria. Não passa nunca, mas quase passa todos os dias. Chorar deixou de ser uma necessidade e virou apenas uma iminência. Sofrer deixou de ser algo maior do que eu e passou a ser um pontinho ali, no mesmo lugar, incomodando a cada segundo, me lembrando o tempo todo que aquele pontinho é um resto, um quase não pontinho. Você, que já foi tudo e mais um pouco, é agora um quase. Um quase que não me deixa ser inteira em nada, plena em nada, tranqüila em nada, feliz em nada. Todos os dias eu quase te ligo, eu quase consigo ser leve e te dizer: “Ei, não quer conhecer minha casa nova?” Eu quase consigo te tratar como nada. Mas aí quase desisto de tudo, quase ignoro tudo, quase consigo, sem nenhuma ansiedade, terminar o dia tendo a certeza de que é só mais um dia com um restinho de quase e que um restinho de quase, uma hora, se Deus quiser, vira nada. Mas não vira nada nunca. Eu quase consegui te amar exatamente como você era, quase. E é justamente por eu nunca ter sido inteira pra você que meu fim de amor também não consegue ser inteiro… Eu quase não te amo mais, eu quase não te odeio, eu quase não odeio aquela foto com aquelas garotas, eu quase não morro com a sua presença, eu quase não escrevo esse texto. O problema é que todo o resto de mim que sobra, tirando o que quase sou, não sei quem é."

+ Tati Bernardi.   (via inverbos)

(Source: principar, via inverbos)

4 days ago | 1,256 notes (originally from principar)




(Source: theeletricchair, via sou-ciumento)

4 days ago | 15,194 notes (originally from theeletricchair)




(Source: cuteys, via selenamg)

4 days ago | 516,915 notes (originally from cuteys)



"Muita gente deve achá-la antipaticíssima, mas eu achei linda, profunda, estranha, perigosa. É impossível sentir-se à vontade perto dela, não porque sua presença seja desagradável, mas porque a gente pressente que ela está sempre sabendo exatamente o que se passa ao seu redor."

+ Caio Fernando Abreu, sobre Clarice Lispector.  (via capitule)

(Source: haialispector, via vontadenula)

4 days ago | 13,810 notes (originally from haialispector)




(Source: pocadagua, via vontadenula)

4 days ago | 8,526 notes (originally from pocadagua)




4 days ago | 10,850 notes (originally from englishsnow)




(Source: titanios, via infeccion)

4 days ago | 18,842 notes (originally from titanios)